publicidade
Mapa do Site Anuncie sua empresa Anucie sua oferta Cadastre-se
Sucata de Metais Ferrosos Sucata de Metais Não-Ferrosos Sucata de Plástico Sucata de Papel e Papelão Sucata de Eletrônicos Sucata em Geral
em artigos site todo

História do Papel

A fabricação do papel teve inicio na China, por volta do ano 150 DC. Registros históricos mostram que a invenção do papel foi relatada para o Imperador Oriental Han, por um oficial da corte imperial chamado Ts'ai Lun. Ts'ai Lun quebrou a casca de uma árvore de amora em fibras e bateu em uma folha. Mais tarde descobriu-se que a qualidade do papel poderia ser melhorada com a adição de trapos de cânhamo e redes de pesca antiga.O papel foi amplamente utilizado na China e se espalhou para o resto do mundo através da Rota da Seda. Folhas de papel branco.

Uma história oficial escrita alguns séculos mais tarde, explicou a evolução do uso do papel:

A escrita nos tempos antigos eram geralmente em bambu ou em pedaços de seda, que eram então chamados ji. Porém a seda e o bambu eram caros. Então Tsai Lun pensou em usar a casca da árvore, cânhamo, panos e redes de pesca, como papel. E no ano de 150 DC fez um relatório para o imperador sobre o processo de fabricação de papel, e recebeu elogios por sua habilidade. A partir desse momento o papel passou a ser usado em toda parte e foi chamado de "papel de Marquês Tsai."

Em poucos anos, os chineses começaram a usar o papel para escrever e em 740 DC, o primeiro jornal impresso foi visto na China.


Durante muito tempo, os chineses guardaram o segredo da fabricação do papel e tentaram eliminar outros centros orientais da produção para assegurar o monopólio. No entanto, em 751 DC, o exército T'ang foi derrotado pelos turcos em uma grande batalha no rio Talas. Alguns soldados chineses e fabricantes de papel foram capturados e levados para prisões. Os árabes aprenderam a fazer papel com esses prisioneiros e assim construíram a primeira fabrica de papel em Bagdá, em 793 DC. Folhas de papel colorido.Eles também tentaram manter segredo sobre a fabricação, e assim os europeus só aprenderam a fazer o papel anos depois. Por volta de 1100 DC o papel chegou na África do Norte e em 1150 DC chegou à Espanha, como resultado das cruzadas, e estabeleceu-se ali a primeira indústria de papel na Europa. Em 1453 Johann Gutenberg inventa a imprensa. A primeira indústria de papel na América do Norte foi construída na Filadélfia, em 1690.



Fonte: Web Sucata