publicidade
Mapa do Site Anuncie sua empresa Anucie sua oferta Cadastre-se
Sucata de Metais Ferrosos Sucata de Metais Não-Ferrosos Sucata de Plástico Sucata de Papel e Papelão Sucata de Eletrônicos Sucata em Geral
em noticias site todo
12/01/2012 - 19:16 - Por: iG

Revolta na bolsa de metais de Londres, a centenária LME

Presidente da bolsa eleva tarifas e causa repúdio entre os traders e membros, que o acusam de querer vender a LME

O presidente da bolsa de metais de Londres, a London Metal Exchange (LME), Martin Abbott, causou revolta entre traders e agentes da indústria de commodities ao elevar acentuadamente as tarifas cobradas pela casa, segundo o jornal Financial Times. Alguns membros acreditam que Abott está pressionando para que a bolsa seja vendida porque ele deverá receber uma grande soma em remunerações.

Em operação há 135 anos, a LME está localizada no coração da City londrina e é o maior mercado de derivativos e formador de preços de metais não ferrosos do mundo, como alumínio, cobre, níquel, zinco e estanho.

A rara disputa pública na bolsa, um clube fechado onde os desentendimentos e escândalos costumam ser varridos para debaixo do tapete, traz à tona a crescente preocupação entre os acionistas sobre uma possível venda da instituição, e que poderia ser facilitada pelo aumento das tarifas.

Em uma carta com palavras duras, endereçada ao Financial Times, três dos doze diretores da LME atacam a decisão de elevar as tarifas e pedem para que outros escrevam ao presidente do conselho da bolsa, Brian Bender.