publicidade
Mapa do Site Anuncie sua empresa Anucie sua oferta Cadastre-se
Sucata de Metais Ferrosos Sucata de Metais Não-Ferrosos Sucata de Plástico Sucata de Papel e Papelão Sucata de Eletrônicos Sucata em Geral
em artigos site todo

História do Zinco

Ornamentos de zinco, com mais de 2500 anos foram descobertos, mas agora deve ser considerado como ligas uma vez que tinham de 80 a 90% de zinco e o restante era chumbo, ferro e antimônio. Atualmente esse material não seria comercialmente viável.

A primeira fundição e extração do metal impuro foi construída na China e na Índia. A primeira laje de zinco, ou galvanização, foi importada do Oriente no início do século XVII. O metal não tinha sequer um nome universalmente conhecido, sendo chamado de estanho indiano, ou calamina. Em 1697 a palavra "Zink" foi empregada para identificar esse metal. 

A designação comercial de zinco a partir de um processo de destilação é ainda galvanização. A técnica de fundição de zinco foi trazida da China cerca de 1740, e uma das primeiras fundições foi construída em Bristol, na Inglaterra. O processo de eletrólise da obtenção do zinco foi introduzido em E.U.A., em 1916.

Zinco em flocos

 

 Peças revestidas por zinco. Produção de chumbo. O chumbo nas indústrias. Origem do zinco

 

 

 

 

 

 

 

 

O zinco é encontrado como um mineral na crosta terrestre, geralmente associado a outros metais como o cobre e o chumbo. Depósitos de zinco estão amplamente distribuídos por todo o mundo. O mineral é encontrado em depósitos maciços, onde geralmente é contem com alto teor de impurezas de ferro. Este minério pode ter algo como 10% de ferro com o zinco sendo apenas 40-45% no concentrado.As grande fontes de zinco estão localizadas no: Canadá (Columbia Britânica), E.U.A. (Utah, Colorado, Idaho), Peru (Mina Cerro de Pasco) e Austrália (Broken Hill).