publicidade
Mapa do Site Anuncie sua empresa Anucie sua oferta Cadastre-se
Sucata de Metais Ferrosos Sucata de Metais Não-Ferrosos Sucata de Plástico Sucata de Papel e Papelão Sucata de Eletrônicos Sucata em Geral
em noticias site todo
25/11/2011 - 14:24 - Por: Redação iMasters

Nova tecnologia promete baterias com vida útil de 30 anos

O segredo está em uma nova tecnologia de construção desenvolvida a partir de nano engenharia, que usa uma liga de cobre e ferro carregada com íons de potássio

Pesquisadores da Universidade de Standford divulgaram esta semana um estudo que sugere que as baterias do futuro terão uma duração incrivelmente maior do que atualmente podemos conceber. De acordo com a pesquisa da universidade, tais baterias serão capazes de ser usadas por até 30 anos sem apresentar quedas significativas em sua capacidade de armazenamento de energia.

Segundo os autores Colin Wessells, Robert Huggins e Yi Cui, o segredo está em uma nova tecnologia de construção desenvolvida a partir de nano engenharia, que usa uma liga de cobre e ferro carregada com íons de potássio. “O potássio é capaz de se carregar de maneira positiva e negativa sem se degradar, permitindo a construção de uma bateria de alta potência”, afirmou o pesquisador Yi Cui em um artigo publicado na última edição da revista Nature.

Para os estudiosos, o novo modelo é capaz de suportar até 40 mil ciclos de carga e descarga sem apresentar grande desgaste. Em comparação com os atuais modelos de íons de lítio, que não costumam suportar mais do que 500 ciclos sem perder boa parte da sua capacidade, isso representa uma melhora de até 80 vezes mais ciclos.

Assim como todo o desenvolvimento na área de baterias, ainda deverá levar um bom tempo até que elas apareçam em telefones e computadores, já que o custo e a tecnologia necessários para a produção de sua liga de cobre e ferro ainda estão bem longe do alcance das grandes companhias.